NOVIDADES
30 OUTUBRO

CONVERSÃO DE AÇÕES

CONVERSÃO DE AÇÕES
ANÚNCIO

A sociedade comercial anónima com a firma MUNDOTÊXTIL – INDÚSTRIAS TÊXTEIS, SA, com sede na Rua da Saudade, nº 280 – 400, da freguesia de Caldas de Vizela (São Miguel e São João), do concelho de Vizela, pessoa colectiva número 500 388 407, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Vizela sob aquele mesmo número, com o capital social de 11.150.000,00€, integralmente representado por 11.150.000 acções, tituladas, ao portador, cada uma delas do valor nominal de 1,00€, informa os titulares das referidas acções que a sociedade deu inicio ao processo de conversão das acções tituladas ao portador representativas do seu capital social em acções tituladas nominativas.
Mais informa a sociedade que:

a) A referida conversão das acções tituladas ao portador representativas do capital social da sociedade em acções tituladas nominativas incide sobre a totalidade das 11.150.000 acções, tituladas, ao portador, representativas do capital social da sociedade;
b) A decisão de conversão assenta no disposto na Lei nº 15/2017, de 03/05, e no DL. nº 123/2017, de 25/09;
c) As deliberações de:
i) conversão das 11.150.000 acções tituladas ao portador representativas do capital social da sociedade em acções tituladas nominativas;
ii) alteração da redacção do disposto nos artigos 6º, nº 1 e 2, e 10º, nº 1, do contrato de sociedade; e
iii) emissão de novos títulos representativos do capital social da sociedade, em substituição dos até aqui existentes que serão destruídos, foram tomadas por deliberação do Conselho de Administração da sociedade em reunião daquele órgão realizada no dia 25/10/2017;
d) A sociedade prevê requerer até ao dia 03/11/2017 a apresentação do pedido de inscrição das alterações ao contrato de sociedade e dos demais actos sujeitos a registo no registo comercial;
e) A não conversão das 11.150.000 acções tituladas ao portador representativas do capital social da sociedade em acções tituladas nominativas durante o período transitório previsto no nº 2, do artigo 2º da Lei nº 15/2017 e nos nº 1 e 2 do artigo 7 do DL. 123/2017, tem como consequência que, finalizado aquele período transitório, os títulos representativos das aludidas acções apenas conferem legitimidade para a solicitação do registo a favor dos respetivos titulares, devendo os aludidos títulos, por se tratarem de títulos representativos de acções ao portador, ser apresentados junto da sociedade para a sua substituição, nos termos do deliberado na reunião do Conselho de Administração da sociedade de 25/10/2017, de modo a que opere a conversão. O montante correspondente aos dividendos, juros ou quaisquer outros rendimentos cujo pagamento se encontre suspenso é depositado junto de uma única entidade legalmente habilitada para o efeito, em conta aberta em nome da sociedade, e será entregue, com base em instruções da sociedade, aos titulares dos valores mobiliários aquando da respetiva conversão, montante ao qual apenas pode ser deduzido o valor dos custos de manutenção da conta. Caso o montante referido no número anterior vença juros, os mesmos revertem para a sociedade;
f) Os acionistas que ainda não procederam à entrega dos títulos representativos das acções a converter, deverão proceder à entrega dos títulos na sede da sociedade até ao dia 30/10/2017, procedendo a sociedade à substituição e destruição dos títulos a converter contra a entrega imediata dos novos títulos nominativos nos termos da deliberação do seu Conselho de Administração de 25/10/2017.

Vizela, 25/10/2017


O Conselho de Administração



PÁGINA ... 10 | 11 |